La Rioja

Universidade de La Rioja vive crescimento da educação online

  • Alberto Ruiz-Gallardón, assegurou hoje que “a educação universitária online está destinada a crescer de uma forma exponencial não só na Espanha e na Europa, mas no mundo todo”.

Universidade de La Rioja vive crescimento da educação online Foto: Wikimedia Commons

Crescimento da educação universitária online se deve à oportunidade aberta a "muitos alunos" para cursar ensino superior

O presidente do Conselho Social da Universidade Internacional de La Rioja (UNIR), Alberto Ruiz-Gallardón, assegurou hoje que “a educação universitária online está destinada a crescer de uma forma exponencial não só na Espanha e na Europa, mas no mundo todo”.

Ruiz-Gallardón deu declarações aos jornalistas no início da cerimônia de graduação do curso 2014-2015 de mil alunos de 21 nacionalidades da UNIR, à qual também assistiram o presidente interino do governo da região, Pedro Sanz; o reitor desta entidade acadêmica, José María Vázquez; e seu diretor, Miguel Arrufat, entre outras autoridades.

Este crescimento da educação universitária online se deve, fundamentalmente, acrescentou Ruiz-Gallardón, à oportunidade que abre a “muitos alunos” para cursar a universidade que, no formato clássico, lhes estaria “vetado”.

Ruiz-Gallardón considerou também que uma das chaves do auge desta entidade acadêmica, cem por cento online e cujo domicílio social está em Logroño, ao norte da Espanha, é o “acompanhamento personalizado” do professor para o aluno, o que o faz “sentir-se acompanhado em todo seu percurso nos estudos”.

O reitor citou como exemplo a “extraordinária inter-relação, em tempo real, entre o professor e o aluno” na UNIR, com sua experiência como professor de Direito Processual e indicou que esta forma de ensino é “uma experiência fantástica”.

“Estou convencido que estamos assistindo à linguagem educativa do futuro”, enfatizou Ruiz-Gallardón, para quem o futuro da  UNIR passa pela “consolidação de seu extraordinário número de alunos na Espanha e por um crescimento, que auguro muito grande na América Latina, onde, sem dúvida, vai a existir uma demanda universitária online”.

“Naqueles países (da América Latina) os quais se podem conseguir acordos para dar títulos que habilitem aos alunos em suas profissões nestes países ou, exclusivamente, para expedir títulos espanhóis que, em todo o mercado de trabalho, vão abrir muitíssimas portas em toda América Latina”.

Na sua opinião, a UNIR é “uma universidade espanhola com sede em La Rioja que, em muito poucos anos, será, além disso, uma universidade para o mundo de fala hispana a partir  desta comunidade autônoma”.

Sanz destacou a “grande projeção internacional que outorga a UNIR a La Rioja” e assegurou que “o principal desafio que devemos enfrentar é garantir universidades de qualidade e excelência para estar a altura do que a sociedade atual nos reivindica”.

O reitor felicitou a todos os graduandos e expressou o “orgulho” da UNIR e de todos seus estudantes, que em seu sexto ano de caminhada, conta com mais de 20.000 alunos, dos quais 80%  são espanhóis e 20%, estrangeiros procedentes de 79 países dos cinco continentes.

Acrescentou ainda que a UNIR é uma universidade com “um nível elevado de exigência” e avaliou o tempo que os alunos viveram de “esforço e dedicação aos estudos”, que foi “um tempo exigente”, mas que lhes permitiu “consolidar uma série de hábitos que, seguramente, lhes serão de mais utilidade para o futuro em que os conhecimentos adquiridos durante a graduação e mestrado nesta universidade”.




Secciones: