MÚSICA

Unesco nomeia músico iraquiano Naseer Shamma artista pela paz

Unesco nomeia músico iraquiano Naseer Shamma artista pela paz EFE/Mohamed Omar

A diretora geral da Unesco efetivará a nomeação a Naseer Shamma em cerimônia na sede da organização em Paris na próxima quinta-feira

A Unesco nomeou nesta segunda-feira o alaudista iraquiano Naseer Shamma artista pela paz, por “seu compromisso em favor da educação musical dos jovens” e “seus esforços incansáveis para levar uma mensagem de paz através de seus concertos”.

A diretora geral da Agência da ONU para a Educação, a Ciência e a Cultura efetivará a nomeação em cerimônia na sede da organização em Paris na próxima quinta-feira, afirmou em comunicado.

Shamma foi nomeado “em reconhecimento ao seu compromisso em favor da educação musical dos jovens do Iraque e de outros lugares, de seus esforços incansáveis para levar uma mensagem de paz através de seus concertos e seu trabalho em favor dos ideais e objetivos da organização”, indicou.

Com a nomeação, o músico, nascido em Kut em 1963, “apoiará o trabalho da Unesco em favor da educação pela paz entre os jovens e a preservação do patrimônio cultural no Iraque e na região”.

Conhecido por seus concertos de alaúde árabe e composições para o cinema, a televisão e o teatro, Shamma é formado pela Academia de Música de Bagdá e dirige a Casa do Alaúde Árabe que fundou no Cairo em 1999.

Além de ter feito várias excursões, gravado vários discos e publicado várias obras, o músico também colaborou com artistas ocidentais, como o trompetista americano Wynton Marsalis.

Shamma também fundou várias associações humanitárias para ajudar os filhos de pessoas deslocadas, como “The Flower Road” e “Ahlma”, e desde 2012 organizou vários concertos pela paz em Bagdá.




Secciones: