REORGANIZAÇÃO ESCOLAR

Sob bombas de gás, estudantes retomam manifestações nesta sexta-feira

Sob bombas de gás, estudantes retomam manifestações nesta sexta-feira (Foto: Fernanda Cruz/Agência Brasil)

Após duas manifestações se encontrarem no centro de São Paulo, polícia jogou bombas para dispersar estudantes

Estudantes voltaram a ser atacados com bombas de gás lacrimogênio pela Polícia militar nesta sexta-feira, após duas manifestações se encontrarem no cruzamento das avenidas Consolação e Paulista, no centro de São Paulo.

Ao longo da manhã, vários grupos de manifestantes obstruíram as principais avenidas da cidade para pressionar o governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, e exigir a revogação do projeto de reorganização escolar que prevê o fechamento de 93 escolas e a transferência de cerca de um milhão de estudantes, segundo os manifestantes.

O bloqueio de pontos estratégicos da cidade é a nova tática adotada pelos estudantes como resposta às estagnadas negociações com o governo regional.

Em protesto, também permanecem ocupadas 192 escolas em todo o Estado, segundo a Secretaria de Educação – número que chega a 208 de acordo com o sindicato de professores (Apeoesp).




Secciones: