INTERCÂMBIO

Programas do Banco Santander levam bolsistas para estudos em Espanha e China

Programas do Banco Santander levam bolsistas para estudos em Espanha e China (Foto: Wikimedia Commons)

No total, são 239 bolsas (155 para a Espanha e 84, para a China), que incluem passagens aéreas, estadia, curso, alimentação e certificado

Na próxima sexta-feira, um grupo de 155 alunos e professores embarcam para a Universidade de Salamanca em mais uma edição do Top España, programa de mobilidade internacional do Santander Universidades. Eles se somam a outros 84 que, no dia 23, partiram para o oriente pelo programa Top China.

No total, são 239 bolsas concedidas, que incluem passagens aéreas, estadia, curso, alimentação e certificado. Segundo Ronaldo Rondinelli, diretor do Santander Universidades, os programas “são grandes oportunidades” de experiências internacionais e um “importante diferencial acadêmico” para os participantes.

“Educação é uma de nossas prioridades, e com esses programas contribuímos para a formação qualificada desses jovens”, afirmou.

Há sete anos, o Top Espanha leva seus participantes a uma imersão na cultura e no idioma espanhois durante três semanas através de aulas obrigatórias e optativas.

Já o Top China visa estreitar o relacionamento entre universidades do Brasil e do país asiático, fortalecer a internacionalização das universidades e universitários brasileiros e a imagem do Brasil no cenário global, além de debater temas relacionados a cultura e economia Brasil-China (BRICs).

Com aulas ministradas em inglês por professores chineses e brasileiros, a versão asiática do programa de mobilidade inclui, também, disciplinas especiais e visitas históricas a espaços culturais.




Secciones: