ROMA ANTIGA

Museu digitaliza inscrições romanas em 3D e disponibiliza em app

Museu digitaliza inscrições romanas em 3D e disponibiliza em app (Foto: EFE/Jero Morales)

As inscrições romanas podem ser vistas no app e na internet, ano site do projeto, junto com materiais didáticos, direcionados a aulas e ao público geral

Mais de cinquenta inscrições romanas de Augusta Emerita, colônia romana na Espanha estabelecida por volta de 25 d.C, foram digitalizadas em 3D pelo Museu Nacional de Arte Romana (MNAR), de Mérida (Espanha).

O museu apresentou no final de março os resultados obtidos no projeto “Epigraphia 3D”. Financiado pela Fundação Espanhola para a Ciência e Tecnologia do Ministério da Economia e Competitividade da Espanha. Dele, participaram docentes e investigadores de várias universidades espanholas, professores de nível secundário e curadores do museu. Dentre as inscrições digitalizadas está o relevo-retrato funerário “Epitáfio de Lutatia Lupata” uma das peças mais conhecidas do museu.

Elas podem ser vistas na internet através do site do projeto, junto com os materiais didáticos, direcionados a aulas e ao público geral. Além disso, no marco deste projeto desenvolveu-se um aplicativo móvel para Android, que permitirá o download e visualização de meia centena de inscrições romanas do MNAR em smartphones e tablets compatíveis.

Os usuários podrão interagir com as inscrições, acessar a transcrição dos textos e conhecer a procedência exata da epígrafe (se for conhecida) através do guia da atual cidade de Mérida.




Secciones: