TIC

Brasil “exporta” metodologia de ensino para o Equador

Brasil “exporta” metodologia de ensino para o Equador (Foto: Institucional ESR/RNP)

Inicialmente, a parceria no Equador oferecerá cursos de administração, segurança e gestão da TI para profissionais de instituições atendidas pela Cedia

A Escola Superior de Redes (ESR), grupo de capacitação profissional em tecnologia da informação e comunicação, fechou uma parceria com a Rede Nacional de Pesquisa e Educação do Equador (Cedia).

A partir de julho, o novo parceiro utilizará as ferramentas de ensino e metodologia concebidas no Brasil, porém adaptadas à realidade do mercado local, para oferecer cursos aos profissionais do país.

Leandro Guimarães, coordenador da ESR, afirma que, com a parceria, o Brasil assume uma posição estratégica de liderança na difusão de know-how e tecnologia para países da América Latina.

“Os parceiros se beneficiam do nosso diferencial de unir um modelo de ensino a altos padrões de eficiência e qualidade que foram desenhados para atender às principais demandas que o mercado procura nos profissionais de TI na atualidade”, ressalta ele.

A ESR no Equador oferecerá inicialmente cursos de administração, segurança e gestão da TI para profissionais de instituições atendidas pela Cedia.

Atualmente, módulos, manuais e ferramentas desenvolvidas estão sendo traduzidos para o espanhol; os cursos devem começar no segundo semestre de 2015, quando esses processos estiverem concluídos.

A expectativa é que, no futuro, os equatorianos possam ter acesso aos mais de 50 cursos oferecidos pela ESR no Brasil; além do Equador, a Colômbia tmabém firmou parceria com a RNP, no ano passado.




Secciones: